ERREI E FIQUEI ALIVIADA POR ISSO!

Quando eu percebi o erro de trajetória que eu estava traçando num processo de coaching fiquei aliviada! Pode parecer estranho, mas a sensação que me deu na hora foi essa, porque imediatamente entendi que a correção de rumo dependia de mim, a solução estava nas minhas mãos.

Sair do Mundo Antigo para entrar no Mundo Novo.

Essa frase acima não é minha, é de uma executiva, que estava fazendo coaching comigo, vinda de um insight durante uma sessão. A partir dai comecei uma reflexão que mudou meu olhar.

Lígia* tinha me contratado para fazer um coaching de mudança de carreira e eu já estava com tudo planejado. Havia pensado em todas as sessões, ferramentas e questionamento, mas o processo não estava indo bem.

Ela desmarcava as sessões com frequência, se atrasava constantemente e toda vez que íamos tratar do assunto da mudança de carreira, ela acabava falando de questões relacionadas ao seu trabalho atual.

Eu pontuei várias vezes que ela estava resistindo ao processo e Lígia percebia que tinha medo dessa mudança. Mas vi que eu estava ficando irritada, me sentindo desrespeitada.

Foi aí que percebi que estava no caminho errado. Ela não precisava ser criticada, precisava ser acolhida. Seu medo não deveria ser enfrentado, de forma agressiva e contundente, mas aceito e compreendido.

Só pude ver isso quando me descolei do processo. Tirei o foco das minhas insatisfações e me perguntei – o que estou deixando escapar? O que se refere a ela e não a mim, que pode estar atrapalhando o processo?

Nessa sessão, ela começou falando de um reunião bombástica na sua empresa que teria impactos sérios para o funcionamento e estrutura do seu trabalho, inclusive resultando numa provável redução salarial. Ao invés de querer voltar ao processo de coaching e forçá-la a olhar para o futuro, mostrando que se tudo estava se deteriorando, então era melhor mudar logo de carreira, eu resolvi dar mais atenção e abrir minha escuta.

– Lígia, o que mais, além da reserva financeira que você já pontuou, é necessário para você sair dessa realidade? Perguntei.

Ela já ia voltar para o assunto de sua nova carreira, muito provavelmente para me agradar (imagina!), quando insisti na pergunta. Ela estranhou, mas expliquei que achava que precisávamos trabalhar mais esse desapego de seu trabalho e que era normal que ela se sentisse ainda envolvida depois de mais de 20 anos no mesmo lugar. Foi então que ela soltou

– É, largar o mundo velho para poder ir para o mundo novo.

Eureca!

A partir daí a sessão fluiu! Tivemos que alterar o objetivo de coaching, que era encontrar uma carreira nova que lhe trouxesse mais satisfação e realização pessoal, mas o propósito maior se manteve, eu pude realizar minha missão como coach – trazer clareza para as pessoas fazerem as melhores escolhas de carreira.

Agora vamos seguir em frente buscando trabalhar esse luto, mas estou feliz com os novos rumos e de ter sido eu a causadora da sua resistência.

Afinal, quando somos a causa do problema, a solução só depende de nós!

O coaching pode ajudar uma pessoa de muitas maneiras, vamos solucionar os problemas?

*nome fictício para proteger a identidade

Agende uma sessão online GRATUITA e veja como o coaching pode te ajudar também!

contato@palombini.com.br

 

DISC investário de personalidade
Avaliação de personalidade DISC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *